Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6585
Title: Abraço Colorido
Authors: LETICIA, Emily Allan
MOREIRA, Isadora de Leão
FERNANDES, Ricardo de Moura
metadata.dc.contributor.advisor: CARAMICO, Nelson
metadata.dc.type: Monografia
Keywords: Homossexualidade;Multimídia
Issue Date: Jul-2019
Publisher: 253
Citation: LETICIA, Emily Allan, MOREIRA Isadora de Leão, FERNANDES, Ricardo de Moura. Abraço Colorido. Trabalho de conclusão de curso (Curso Técnico em Multimídia) - Escola Técnica Estadual ETEC Jornalista Roberto Marinho (Cidade Monções - São Paulo), São Paulo, 2019
Abstract: Na sociedade atual, a comunidade LGBTQIA+ sofre vários preconceitos, onde é registrado uma morte por homofobia a cada 16 horas, o Disque 100 anotou 529 denúncias de assassinato entre 2011 e 2018, a Transgender Europe informou 1.206 homicídios de transexuais e o GGB registrou 2.687 mortes. Inclusive no ambiente familiar, o que os leva a buscar meios assistenciais. Muitos deles perdem até mesmo acesso a moradia, segundo uma pesquisa realizada pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) da Prefeitura de São Paulo, entre 5,3% e 8,9% do total da população em situação de rua na capital pertencem à comunidade LGBT. Além disso, 63% dos jovens de 18 a 25 anos, relatam sentir rejeição total ou parcial dos familiares após "saírem do armário" e apenas 59% revelam sua orientação sexual para a família. O que torna fundamental ajuda de ONGs, organizações, etc. Por este motivo, surgiu o Projeto Abraço Colorido, visando fornecer informações voltadas a este grupo social. O “Abraço Colorido” é introduzido em forma de website, e procura dar visibilidade a assuntos direcionados a comunidade LGBTQIA+ reunindo um conjunto de dados, tais como, direitos, casas de acolhimento, eventos, notícias, etc. De acordo com uma pesquisa feita em 2015, “estima-se que 63% dos jovens relatam sentir rejeição total, ou parcial, dos familiares após assumirem a orientação sexual, levando boa parte desse público a serem ou expulsos de casa ou serem vítimas de violência/abuso.” Nos dia atuais, existem diversos meios de protesto contra os preconceitos sofridos por este público, mas segue o assunto sendo tratado com desprezo e censura. Em vista disso, o projeto procura armazenar instruções voltadas ao mesmo. O projeto, tem como objetivo oferecer acolhimento, dentro de seus limites, a um grupo socialmente vulnerável, vítima de ignorância e preconceito.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6585
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC abracocolorido.pdf
  Restricted Access
1.34 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.