Please use this identifier to cite or link to this item: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6038
Title: A abordagem das formas de tratamento do espanhol uruguaio e do português brasileiro e sua importância para o profissional de secretariado
Authors: ROSA, Gabriel Santana de Oliveira
GALIASI, Natalia da Silva Arão
OLIVEIRA, Satiko Katahira de
metadata.dc.contributor.advisor: CABRAL, Glauce Gomes de Oliveira
metadata.dc.type: Monografia
Keywords: Automação de escritórios;Língua espanhola;Comunicação na administração;Relações de trabalho
Issue Date: 2021
Publisher: 002
Citation: ROSA, Gabriel Santana de Oliveira; GALIASI, Natalia da Silva Arão; OLIVEIRA, Satiko Katahira de. A abordagem das formas de tratamento do espanhol uruguaio e do português brasileiro e sua importância para o profissional de secretariado, 2021. Trabalho de conclusão de curso (Curso Superior de Tecnologia em Automação de Escritório e Secretariado) - Faculdade de Tecnologia de São Paulo, São Paulo, 2021.
Abstract: Este artigo discute a importância para os profissionais de Secretariado do conhecimento da diversidade dos pronomes de tratamento de segunda pessoa no espanhol e no português. A língua espanhola é uma das principais línguas para a comunicação na área de negócios, sendo assim, o objetivo deste trabalho é apresentar as características desses pronomes e suas diferenças no espanhol uruguaio e no português brasileiro. Escolhemos a variante do Uruguai, em especial, devido às relações comerciais desse país com o Brasil. Uma das principais diferenças são os pronomes de tratamento, os quais têm situações de uso distintas. Elaborado por meio de pesquisa bibliográfica de caráter qualitativo, o estudo, além de apontar diferenças no uso dos pronomes de tratamento nas duas variantes linguísticas, apresenta um breve histórico da variação desses pronomes.
This article discusses the importance for secretarial professionals to know the diversity of second person pronouns in Spanish and Portuguese. The Spanish language is one of the main languages for communication in the business area, thus the objective of this paper is to present the characteristics of these pronouns and their differences in Uruguayan Spanish and Brazilian Portuguese. We have chosen the Uruguayan variant in particular because of its commercial relationships with Brazil. One of the main differences are the treatment pronouns, which have different usage situations. Elaborated by means of a qualitative bibliographic research, the study, besides pointing out differences in the use of the treatment pronouns in the two linguistic variants, presents a brief history of the variation of these pronouns.
URI: http://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/6038
Appears in Collections:Trabalhos de conclusão de curso



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.